O Brasil ajuda a economia de outros países? E a dele mesmo?

O Brasil ajuda a economia de outros países? E a dele mesmo?

1. Brasil

Desde a inauguração do Porto de Mariel (localizado em Cuba), em janeiro de 2014, o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) é questionado em relação às regras definidas para que acontecesse o empréstimo de 682 milhões de dólares para a obra do porto. O gasto total foi de quase um bilhão de dólares e a empreiteira Odebrecht ficou responsável pela construção.

Hoje, algumas perguntas estão sendo feitas, tais como: A operação, feita com dinheiro dos contribuintes brasileiros, era vantajosa para o banco? Qual era a vantagem econômica da obra para os interesses brasileiros? Por que o governo classificou o conteúdo do contrato como “secreto”, com validade até 2027? Para essas perguntas, O BNDES e a Odebrecht sempre deram a mesma resposta: que 100% do dinheiro investido não saiu do Brasil, ficando aqui na forma de pagamento de salários, de custos de engenharia e administração e de exportação de bens (cimento, aço, máquinas, carros, etc) destinados à construção. Diante de tantas perguntas sem respostas, o Ministério Público move duas investigações para descobrir o que pode estar errado na aprovação deste empréstimo do BNDES para a construção do porto de Mariel pela Odebrecht e, também, quer entender como o ex-presidente Lula agiu durante as negociações desse empréstimo.

Segundo reportagem da Revista Época, os investimentos brasileiros em Cuba foram possíveis graças a um acordo comercial assinado em 2008 entre os dois países, quando Lula era o presidente. Na época, ficou combinado que o BNDES colocaria à disposição dos cubanos US$ 600 milhões para financiar projetos na ilha.

A reportagem da Revista Época reproduz um telegrama do dia 6 de  junho de 2011, que faz parte do inquérito (investigação) de Brasília, da embaixada do Brasil em Cuba para o Itamaraty (órgão do Poder Executivo, que auxilia o presidente). A respeito da construção do Porto de Mariel, o documento diz que Lula, já como  ex-presidente, garante que o financiamento da obra iria acontecer sem impedimentos.  O BNDES tem como missão ajudar a dar um empurrão na economia do Brasil, mas, é possível que, nos últimos anos, ele tenha ajudado o desenvolvimento econômico de outros países, como Cuba.

O Que é O BNDES?

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) foi criado em 1952 para organizar a política nacional de desenvolvimento econômico do Brasil. Em 1971, esse banco se transformou em uma empresa pública e, hoje, investe em agropecuária, indústria, comércio e serviços, infraestrutura, sempre com condições especiais para as micro, pequenas e médias empresas. Todos os investimentos realizados pelo BNDES são importantes para o crescimento do Brasil como um todo, já que os juros são sempre ou quase sempre subsidiados, ou seja, esses juros são mais baixos do que os utilizados no mercado.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Fale aqui
1
Olá, tudo bem !
No que posso te ajudar ?
Powered by