Como calcular os meus gastos?

Como calcular os meus gastos?

Para organizar os gastos mensais, é importante que você tenha um orçamento familiar, ou seja, tome consciência e avalie a sua situação financeira, seus ganhos e gastos. Toda mudança no começo é difícil, mas essa tarefa se tornará uma rotina. Pense nos primeiros dias de academia, a dedicação e persistência, as dores até se acostumar e pegar o ritmo, mas logo os resultados surgem. “O segredo está na disciplina. Para alcançar seus objetivos, todo mês você deve planejar quanto pretende e pode gastar em cada área. Com esta atitude, você descobrirá onde os seus gastos estão aumentando e te prejudicando, é importante que você anote tudo”, esclarece Adriano Tizzo, consultor da Múltipla Investimentos.

Depois de estabelecer objetivos, é importante acompanhar os gastos mensalmente. Analise se está conseguindo cumprir o permiti do no orçamento familiar, ou se está ficando no vermelho. Nem sempre as coisas caminharão conforme o planejado, mas a ideia do planejamento é descobrir de onde vem os gastos, proteger você de imprevistos desagradáveis, ajudar nas decisões diárias e orientar quais caminhos seguir daqui pra frente, só assim, você será capaz de crescer financeiramente e comprar itens caros, como casa própria, carro, fazer reformas, investi r em estudo, carreira e até abrir seu própria negócio.

Jornal_1outubro.indd

Como organizar meu orçamento familiar?

– Convoque a participação de toda a família, inclusive os filhos. Peça ajuda a todos os membros (mesmo que não precise), para que todos se sintam também responsáveis pela saúde financeira da família. Assim, fi cará mais fácil montar o orçamento familiar e atingir os objetivos em comum, além de todos contribuírem para a redução dos gastos.

– Não confie na sua memória. Faça uma tabela, anote todos os gastos da família e o dinheiro disponível. Não se esqueça de incluir o cafezinho e outras despesas menores. Faça isso diariamente, pois, depois de alguns dias, será difícil lembrar para onde foi o dinheiro que estava na carteira.

– Organize os gastos em grau de importância, de forma que identifique facilmente quais são os itens superficiais e os fundamentais. Essa lista irá facilitar a sua vida, caso seja necessário fazer um corte nos gastos futuramente;

– Estabeleça limites de gastos e, pelo menos semanalmente, acompanhe se eles estão acontecendo dentro do definido;

– Tenha objetivos claros, reserve parte do salário para ser guardado em uma poupança, ele servirá para realização de futuros projetos e sonhos. Também guarde parte do seu dinheiro para resolver problemas e imprevistos. Evite mexer nessas quanti as.

– Planeje as compras com antecedência. Por exemplo, antes de comprar um carro ou moto, coloque tudo no papel, não se esqueça de avaliar também o impacto das despesas extras que a compra trará para o seu orçamento, como IPVA, seguro auto, manutenção e combustível.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Fale aqui
1
Olá, tudo bem !
No que posso te ajudar ?
Powered by