Governo cumpre promessa e  Minha Casa Minha Vida 3 sai do papel

Governo cumpre promessa e Minha Casa Minha Vida 3 sai do papel

Durante campanha para reeleição, a Presidente Dilma prometeu a manutenção e ampliação dos programas sociais que o Governo Federal administra. Dez meses depois de eleita a primeira promessa começa a ser cumprida. Visando ampliar o benefício do Programa Minha Casa Minha Vida (MCMV), o Conselho Curador do Fundo de Garanti a do Tempo de Serviço (FGTS) aprovou, no dia 27 de outubro desse ano, o aumento do valor máximo para aquisição de imóvel e o valor máximo do subsídio (custeio) concedido. Segundo Elton Zacarias, secretário-executivo do Ministério das Cidades, esses valores deverão entrar em vigor ainda no fi m deste ano.

Mas você sabe o que é o Programa MCMV? Quais os benefícios? Como você se enquadra? O Programa MCMV é uma iniciativa do Governo Federal, que foi criada em abril de 2009, com o intuito de mudar a vida de diversas famílias. O MCMV oferece condições especiais para o financiamento de um imóvel e, desde setembro de 2015, é classificado em quatro faixas de acordo com a renda do interessado em participar.

Jornal_5_edição.indd

A Faixa 1 abrange renda familiar de até R$ 1.800,00. Nessa faixa o benefício varia segundo essa renda e a mensalidade será um percentual dela. Não há cobrança de juros. A Faixa 1,5 serve para as famílias com renda de R$ 1.800 até R$ 2.350, em que o subsídio máximo é de R$ 45 mil, a taxa de juros fi ca em 5%, com prazo 360 meses, porém, possui análise de risco e crédito. A Faixa 2 serve para renda de R$ 2.350 a R$ 3.600. Aqui o subsídio máximo é de R$ 27,5 mil, com taxa de juros 6% a 7%, o prazo de 360 meses e é realizada análise de risco e crédito também. Já a Faixa 3 serve para rendas de R$ 3.600 a R$ 6.000 e a diferença com a faixa 2 está na taxa de juros, que chega a 8% aqui.

Com o lançamento do programa MCMV 3 (3ª etapa), os preços máximos dos imóveis nas regiões metropolitanas dos estados de SP, RJ e DF, passarão de R$ 190 mil para R$ 225 mil.

Durante campanha de reeleição, a Presidente Dilma prometeu três milhões de moradias até o fi m de 2018 e, segundo Elton Zacarias, essa meta é possível, mas dependerá muito mais da disponibilidade orçamentária. Essas mudanças somente serão válidas para os novos contratos a partir do lançamento da 3ª etapa do MCMV. Os contratos que estão em vigor permanecem válidos e não sofrerão qualquer mudança.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Fale aqui
1
Olá, tudo bem !
No que posso te ajudar ?
Powered by