Em busca de segurança investidores mudam seu perfil

Em busca de segurança investidores mudam seu perfil

Desde a crise de 2008, o governo passa por grandes dificuldades em seu orçamento, é fato que os escândalos de corrupção e desvios de dinheiro causaram insegurança econômica e desencadearam uma crise nesse setor, dificultando a realização de reformas estruturais na política, causando desequilíbrios na previdência, nas cargas trabalhistas e tributárias… Fora isso, as contas do governo não fecham, o ano de 2015 foi encerrado com déficit nos cofres públicos, sinal que o país gastou mais do que arrecadou. O que acaba se tornando um efeito dominó, porque um governo com dificuldades para fechar suas contas, pode optar por aumentar seus impostos, o que leva as empresas a repassarem esses gastos a mais para os preços de seus produtos e serviços, o que reflete nas vendas, pois elas tornam-se menores. Muitas empresas também acabaram perdendo 1/3 do seu valor Investir em Fundos Imobiliários é uma excelente alternativa de investimento, que possui diversos benefícios para melhorar a alocação (os destinos de seus recursos) de ativos de sua carteira de aplicações. Está complicado entender? Vem que a gente explica direitinho. O brasileiro tem tradição de investir em imóveis, mas ainda não entende muito bem as características dessa outra maneira de aplicar, a maneira via fundos imobiliários. Existem argumentos que defendem que há uma série de fatores que tornam a aplicação em carteiras imobiliárias mais vantajosas que o investimento direto em imóveis. Conheça algumas delas e entenda os benefícios.na bolsa, como reflexo disso, muitos investidores migraram da bolsa para investimentos de menor risco, que são sustentados pelo próprio governo, através do pagamento de juros, por ironia recolhido dos impostos.

Jornal_8_edição.indd

Devido a situação da economia atual, os investidores começaram a transferir suas aplicações das de maior risco para as de menor risco, isso em resposta a confiança no país, nas empresas e ao pagamento de juros pelo governo. Segundo o site Arena do Pavini, o número de investidores do Tesouro Direto aumentou e cresce com maior velocidade quando comparado ao número de investidores da bolsa, o que mostra uma mudança no perfil dos investidores brasileiros. Em agosto de 2015, existiam 552 mil clientes cadastrados no Tesouro Direto, enquanto que na BM&FBovespa haviam 558.759 investidores, entretanto, apesar do número de investidores da bolsa ser superior, ela registra um aumento de três mil cadastrados por mês, enquanto que com imóveis. 5 –Gestão profissional Qual é a melhor região da cidade para investir em um imóvel? E quando é o melhor momento para vender e obter lucros? Pensar no que é mais ou menos vantajoso na compra direta de um imóvel pode ser difícil. No fundo de investimento, tais decisões são tomadas por gestores que estudam de perto o mercado imobiliário e têm recursos para capturar as oportunidades com maior facilidade. É claro que nenhum investimento de renda variável é à prova de prejuízos, mas a gestão profissional diminuiu bastante os riscos.o Tesouro Direto consegue 15 mil novos cadastros num mesmo período de tempo, no caso usando como referência os índices do mês de julho para agosto.

Em geral, um investidor deseja maior retorno financeiro com o menor risco possível. Além do governo jogar contra as empresas aumentando os impostos, ele dá ao investidor uma remuneração maior e um menor risco com pagamento futuro, pois usa como base valores de impostos e juros.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Fale aqui
1
Olá, tudo bem !
No que posso te ajudar ?
Powered by