Superávit Primário? O que é isso?

Superávit Primário? O que é isso?

2. Gastos Públicos

Você já deve ter ouvido falar de Superávit Primário… Mas o que significa esse termo que muitas vezes é usado nos jornais e noticiários? Venha entender. De forma muito simplificada, pode-se dizer que Superávit primário do governo é o dinheiro que o próprio governo consegue economizar, imagine uma conta básica, na qual os gastos que ele tem (descontadas as despesas que não são financeiras) são subtraídos (descontados) da arrecadação (impostos), o saldo resultante dessa equação é usado para pagar os juros da dívida pública, assim como os títulos negociados no Tesouro Direto.

Essa é uma informação importante, porque indica diretamente o risco de qualquer país, ao longo do tempo, poder dar calote nos títulos da dívida pública que são negociados, ou seja, não pagar os juros para os investidores que compraram títulos do governo, se este risco aumenta o país torna-se menos atraente aos investi dores e investi mentos externos, o que desestimula a economia.

No caso do Brasil, o governo por conta do histórico de crises e cenários econômicos complexos, adotou a meta de alcançar superávits primários (o saldo daquela conta explicada acima) desde a década de 90, e com os bom resultados alcançados com equilíbrio econômico, esta política se manteve.

Ainda assim, a política de superávit primário gera um ponto de atenção, pois ela significa que não se fez todos os investimentos que o governo poderia fazer, isso por que o investi mento do governo é calculado como despesa.

Para amenizar a situação, a legislação permite que alguns investimentos não entrem na conta de despesas. Tal qual os programas de aceleração do crescimento (PAC). Com estes descontos o Superávit passou a ter duas classificações quando divulgado: o resultado “cheio”, sem desconto, ou o “abatido”, com desconto.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Fale aqui
1
Olá, tudo bem !
No que posso te ajudar ?
Powered by