Investir em educação pode ser solução para a crise

Investir em educação pode ser solução para a crise

Em meio à crise econômica e política que o Brasil vive, a capacidade de inovar e de se reinventar pode ser a chave para a reação. No entanto, o país precisa investir em educação para conseguir reverter o cenário atual. O professor da Escola de Graduação em Negócios de Stanford, Jonathan Levav, diz que não se consegue combater os problemas de uma crise se não tiver educação. O professor reforça que educação é uma das bases que sustentam o Brasil e que é com ela que as pessoas conseguirão produzir mais e consumir mais.

“Só porque que o Brasil está passando por essa crise não significa que ele não é uma boa oportunidade”

Práticas que podem ajudar a economia nacional a se reerguer. Levav esteve no Brasil durante a última semana de março para lançar a 2º edição do Stanford Ignite, um curso da instituição com foco em empreendedorismo e ideias inovadoras. “Os norte-americanos estão investindo no Brasil com cuidado no momento, mas por outro lado o país é como um raio em expansão. Só porque que ele está passando por essa crise não significa que ele não é uma boa oportunidade”, destacou em entrevista ao site Uol. O principal desafio das empresas este ano é ajustar e melhorar a eficiência operacional dos negócios. Isso, automaticamente, impacta diretamente na contratação de novos profissionais. E pra se ter um bom emprego é preciso ter educação. O Brasil faz parte de um grande mercado de inovação na América Latina, e as crises sempre foram um campo fértil para boas oportunidades de negócios, ou seja, investir em educação nestes momentos ajuda a superar a crise além de criar boas oportunidades.

Investimento alto deixa Stanford a seu alcance A universidade norte-americana de Stanford oferece quatro bolsas de estudos para a segunda edição do ‘Stanford Ignite’, programa de empreendedorismo e inovação a ser realizado em São Paulo entre 5 de agosto e 16 de outubro na sede da Microsoft. As bolsas cobrem 50% do valor do curso, de US$10.000. Até 50 candidatos serão selecionados para a turma de 2016. O processo seletivo tem uma inscrição online, análise de currículo e entrevista presencial. As inscrições podem ser feitas no site www.gsb.stanford.edu/. Ir até a aba The Programs, clicar em Stanford Ignite, no menu à esquerda selecionar Global Locations e escolher a aba São Paulo.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Fale aqui
1
Olá, tudo bem !
No que posso te ajudar ?
Powered by