Cliente da Caixa poderá ter dois imóveis financiados ao mesmo tempo

Cliente da Caixa poderá ter dois imóveis financiados ao mesmo tempo

3. Mercado Imobiliário

A Caixa Econômica Federal (CEF) anunciou em março a ampliação da oferta de crédito imobiliário para novas contratações, o aumento da parte financiável de unidades usadas e a reabertura das operações de financiamento do segundo imóvel. De acordo com a presidente do banco, Miriam Belchior, as medidas servem para reaquecer a demanda por crédito imobiliário no País.

O aumento da parte financiável de imóveis usados foi para até 80% de seu valor (especificamente 70% para trabalhadores da iniciativa privada e 80% para servidores públicos), isso deve destravar o mercado imobiliário atual para os segmentos das classes média e alta, em que o imóvel atual é utilizado como entrada na compra de um novo.

A CEF também vai reabrir as operações de financiamento do segundo imóvel com as mesmas condições (taxas de juros e prazos) oferecidas para quem está comprando o primeiro. “Desta forma, o cliente poderá ter dois imóveis financiados ou ter uma folga de tempo para vender o seu primeiro imóvel”, afirmou Miriam Belchior.

“Isso deve destravar o mercado imobiliário atual”

Ainda segundo Belchior, a expectativa é elevar o volume das contratações em 13% no ano de 2016, o que equivale a 64 mil unidades habitacionais a mais e 29,7 mil financiadas com recursos do FGTS e 34,3 mil pela poupança.

A Caixa também aplicará perto de R$ 7 bilhões na linha pró-cotista, que permite a trabalhadores com conta ativa nesse fundo financiarem 85% do valor de imóveis novos e usados em áreas urbanas de até R$ 750 mil, pelo prazo máximo de 30 anos a taxas de juros entre 7,85% e 8,85% ao ano. O banco planeja também uma linha de R$ 2,4 bilhões com taxas especiais para construtoras de todos os portes.

Para o Sindicato de Habitação do Estado de São Paulo (Secovi-SP), a notícia da ampliação da oferta de crédito imobiliário divulgada pela Caixa Econômica Federal foi positiva. “Para nós fica uma mensagem muito importante e boa de que não faltarão recursos para financiamento nem para imóveis usados nem para os novos durante o ano de 2016”, afirmou o economista-chefe do Secovi, Celso Petrucci. “Eu não acredito que a Caixa anunciaria uma melhora no financiamento de imóvel usado se ela percebesse que iria faltar dinheiro esse ano”, completou o economista.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Fale aqui
1
Olá, tudo bem !
No que posso te ajudar ?
Powered by