Político doa salário para prefeitura de São Paulo

Político doa salário para prefeitura de São Paulo

7. Cidades

Parece que os brasileiros podem confiar em alguns políticos no Brasil. Será?! Após deixar o comando da Secretaria de Direitos Humanos da prefeitura de São Paulo para se candidatar a vereador, Eduardo Suplicy doou todo o seu salário para o Fundo de Cidadania da Prefeitura.

Em uma postagem no dia 7 de abril, no perfil de seu facebook, Eduardo Suplicy informou os valores exatos que foram doados por ele. “Na transmissão do cargo de secretário de Direitos Humanos, entreguei ao Prefeito Fernando Haddad um cheque de R$ 176.267,67, correspondente à minha remuneração líquida em 12 meses.

“Entreguei ao Prefeito Fernando Haddad um cheque de R$ 176.267,67”

A doação foi encaminhada ao recém-criado Fundo de Cidadania da Prefeitura de São Paulo com o objetivo de em breve financiar a Renda Básica de Cidadania”, escreveu Suplicy junto a uma foto de um documento do Banco do Brasil que sinaliza a abertura de uma conta corrente. A doação foi destinada ao recém- criado Fundo da Cidadania e deverá servir para financiar o programa Renda Básica de Cidadania, que visa ajudar a solucionar o problema da distribuição de renda no país através da distribuição de um salário básico para todos os brasileiros.

Usuário assíduo das redes sociais, o ex-secretário já havia postado um texto avisando seus seguidores que iria ser candidato a vereador. “Tendo em vista a recomendação de tantas pessoas para que eu seja pré-candidato a vereador nas próximas eleições e a exigência de deixar o cargo de secretário Municipal de Direitos Humanos de São Paulo com seis meses de antecedência, solicitei hoje a minha exoneração”, escreveu Suplicy, com uma foto com o prefeito Fernando Haddad no dia 1 de abril.

O cargo de secretário de Direitos Humanos foi passado para Felipe de Paula, em cerimônia oficial.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Fale aqui
1
Olá, tudo bem !
No que posso te ajudar ?
Powered by