Novo aplicativo proporciona a negociação de imóveis sem o auxílio de um corretor

Novo aplicativo proporciona a negociação de imóveis sem o auxílio de um corretor

celular-app-2O principal objetivo do App do Imóvel, aplicativo criado pelo brasileiro Felipe Jacinto, é proporcionar o encontro entre pessoas que querem vender, comprar ou trocar imóveis através de contratos particulares. Essa união direta permite a eliminação da taxa de corretagem, 6% do valor do imóvel, que normalmente é cobrada quando os tramites são realizados através de uma imobiliária ou corretor de imóveis.

O sistema ganhou o apelido de Tinder dos imóveis, porque sua plataforma é muito parecida com a do aplicativo de paquera. No caso do App do Imóvel, as pessoas podem anunciar seus imóveis para venda ou troca e os usuários cadastrados que se interessarem pelo anúncio podem curtir a oferta, seja uma casa, apartamento ou sala comercial e, se houver “match”, as duas partes recebem uma notificação. O que difere os aplicativos é que, no caso dos imóveis, a conversa entre vendedor e comprador pode ser feita apenas por telefone ou e-mail. A empresa responsável pelo sistema não se envolve na negociação.

Ao se cadastrarem, os usuários conseguem personalizar suas buscas por tipo de imóvel e região desejada. O aplicativo, lançado em julho deste ano, já conta com mais de doze mil pessoas cadastradas e cerca de seis mil imóveis disponíveis para negociação (a maioria deles se concentra no estado de São Paulo). A estimativa é que até o fim de 2016 o sistema conte com 30 mil imóveis disponíveis em todo o Brasil.

O aplicativo pode ser considerado seguro porque, antes de aprovar o anúncio, uma equipe é responsável por checar se as ofertas são mesmo de proprietários, e não de imobiliárias, e se as informações e contatos informados estão corretos. Porém, é recomendado que qualquer transação iniciada através do aplicativo seja acompanhada por um advogado ou especialista em negociação, para que ambas as partes não tenham problemas ou prejuízos na hora da compra ou venda de um imóvel.

Mesmo diante do crescimento do aplicativo, o Conselho Regional dos Corretores de Imóveis (Creci) de Mato Grosso, por meio de nota em seu site, repudiou a criação desse sistema afirmando que “os corretores de imóveis se tornaram profissionais regulamentados, gestores de negócios e conhecem todos os trâmites de um negócio seguro, além de estarem preparados para atender da melhor forma possível todos os tipos de clientes”.

Em contrapartida, Felipe Jacinto, criador do aplicativo, diz que o sistema funciona como uma espécie de classificados e reforça que toda negociação deve ser acompanhada por um advogado.

O aplicativo é compatível com os sistemas operacionais Android e iOS. O download e a publicação dos anúncios são gratuitos.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Fale aqui
1
Olá, tudo bem !
No que posso te ajudar ?
Powered by