Escolhi o curso errado, e agora?

Escolhi o curso errado, e agora?

Apesar de ser uma situação comum, admitir que se fez uma escolha errada é muito difícil para quem sonha em ter uma carreira e um futuro profissional de sucesso. Uma decisão tão importante como essa precisa ser pensada com cautela, pois seu impacto pode ser muito grande na vida de uma pessoa.

Não existe uma fórmula para saber se a decisão foi acertada ou não. Mas existem sinais que podem indicar se esse é o caminho certo para você. Em caso negativo, é preciso encarar os fatos e buscar saber se realmente a melhor coisa a se fazer é largar tudo e começar de novo, ou se é possível tirar proveito do que já foi estudado até ali.

Tentar refletir sobre alguns fatores pode ajudar a tomar a melhor decisão. Ás vezes, sua vida pessoal pode estar interferindo na sua insatisfação. Avalie se existe algum fator externo atrapalhando sua rotina, fazendo com que você se sinta mais cansado ou sem ânimo para os estudos. Avaliar a sua própria dedicação também pode te trazer respostas. Se deparar com algo que você achou que seria mais fácil e na verdade não é exige um pouco mais de esforço da sua parte. Procurar conhecer melhor a grade de estudos do curso também pode te mostrar que alguma área do seu interesse ainda está por vir. Ou de repente, pode indicar que o que falta é alguma informação complementar, que pode ser suprida com a realização de um curso extra ou uma pós-graduação voltada para sua área de interesse.

Se mesmo após essa reflexão, perceber que o curso não é o que você deseja para sua vida, o melhor é recomeçar.

Não existe idade ou hora certa para se fazer aquilo que sonha. Mas para acertar na nova escolha, siga algumas dicas:

  • Não tenha pressa para escolher um novo curso do seu interesse. Essa tarefa é bastante importante e muitas vezes leva tempo até que você consiga assimilar tudo aquilo que realmente te interessa, a ponto de associar com o curso que vai conduzir o seu futuro profissional.
  • Escolha por você mesmo. Seguir a profissão dos pais, por exemplo, ou acatar a opinião dos amigos que acham que você tem alguma habilidade específica, não é uma decisão muito acertada se você não tiver afinidade com aquela área de atuação.
  • Analise a grade curricular do curso de interesse. Buscar o máximo de informação possível sobre a profissão desejada ajuda na hora de avaliar se é isso mesmo que você quer. Conversar com profissionais que já atuam na área também pode te trazer informações sobre o mercado de trabalho dessa profissão.

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Fale aqui
1
Olá, tudo bem !
No que posso te ajudar ?
Powered by