Seis mortes por febre amarela já foram confirmadas em São Paulo

Seis mortes por febre amarela já foram confirmadas em São Paulo

No estado de São Paulo, seis mortes foram confirmadas em decorrência da febre amarela. Segundo informações da Secretaria Estadual de Saúde, dois desses casos são autóctones e ocorreram nos municípios de Batatais e Américo Brasiliense, no interior do estado. Os outros quatro casos são importados, ocorreram no estado de Minas Gerais, estado mais afetado pela doença no país, com notificações em Santana do Parnaíba, dois na capital paulista e um em Paulínia.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, há 17 casos de pessoas que foram ou estão sendo tratadas por suspeita de febre amarela silvestre no estado de São Paulo. Dessas, quatro são do interior do estado e as demais de Minas Gerais, Pará e Amazonas.

O número de casos suspeitos em todo o país chegou a 712 na última segunda-feira (30) e há 40 mortes confirmadas.

A divulgação de informações sobre o surto da doença no país tem levado milhares de pessoas aos postos de saúde atrás da vacina contra a febre amarela, porém, no momento ela é recomendada apenas aos moradores de áreas de risco definidas pelo Ministério da Saúde e para quem vai viajar para esses locais nos próximos dias. O Ministério da Saúde informou também que está reforçando o estoque de vacinas em 11,5 milhões de doses para estados que registraram casos suspeitos e também para os que fazem divisa.

A vacinação não é recomendada para bebês menores de nove meses, idosos acima dos 60 anos com baixa imunidade, grávidas, mulheres que amamentam crianças com até seis meses e pessoas com doenças que abaixam a imunidade, como lúpus, câncer e HIV.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Fale aqui
1
Olá, tudo bem !
No que posso te ajudar ?
Powered by