Aprovados em concurso aguardam convocação em Paulínia

Aprovados em concurso aguardam convocação em Paulínia

No último concurso público realizado em Paulínia, 21 mil candidatos disputaram 63 vagas para atuação em diferentes setores, com cargos de nível médio e superior. Com uma média de 334 candidatos por vaga, o concurso 1/2016 da Prefeitura de Paulínia teve sua homologação final realizada em duas etapas, nos meses de julho e dezembro do ano passado, em função de recursos apresentados por candidatos, antes, durante e depois de sua realização.

No entanto, nenhum dos 63 aprovados para os cargos de Agente Administrativo (5 vagas); Agente de Fiscalização (5 vagas); Diretor de escola (20 vagas); Engenheiro Civil (3 vagas); Pediatra plantonista (3 vagas); Monitor de escola (3 vagas); Orientador Social (8 vagas) e Procurador Jurídico (16 vagas), foram convocados até agora para assumirem suas funções.

Sobre a convocação desses novos funcionários concursados, a administração, por meio do vice-prefeito Sandro Caprino (PRB), alegou que está fazendo um levantamento sobre a quantidade de servidores com desvio de função, afastados, que estão em via de aposentadoria e que estão com restrições, para que seja apurada a real necessidade de novas contratações para a prefeitura este ano. Porém, afirma que os candidatos que passaram no último concurso serão chamados para assumirem seus cargos de qualquer forma.

Além da demora na convocação desses novos funcionários, a Prefeitura de Paulínia enfrenta dificuldades para dar início ao funcionamento da máquina administrativa, sob o comando do Prefeito Dixon Carvalho (PP), pois também está impedida de contratar novos cargos comissionados por conta de uma decisão judicial, que segundo denúncia da Procuradoria-Geral de Justiça de São Paulo, foram criados por leis municipais inconstitucionais. A atual administração da cidade alega que todos esses impedimentos tem causado prejuízos para o município.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Fale aqui
1
Olá, tudo bem !
No que posso te ajudar ?
Powered by