Paulínia terá novas eleições

Paulínia terá novas eleições

Tuta Bosco é o nome mais forte para a disputa eleitoral

Com a decisão da Justiça Eleitoral de Paulínia de afastar o prefeito, Dixon Carvalho (Progressistas) e o vice, Sandro Caprino (PRB), novas eleições deverão ser chamadas em um prazo de até 90 dias. Muitas especulações estão sendo feitas em nome de pré-candidatos que concorrerão às eleições para preencher a cadeira de chefe do Executivo.
Porém, um nome já tem se destacado no cenário político da cidade e aparece com força na disputa: Tuta Bosco (PPS). O empresário concorreu às eleições de 2016 e ficou atrás do primeiro colocado por uma diferença de apenas 6% dos votos válidos. Ou seja, 13. 756 eleitores votaram em Tuta nas últimas eleições.
“Em 2016, participei pela primeira vez de uma eleição, enfrentando candidatos de famílias que já governaram nossa cidade por quase 30 anos e o resultado, para mim, já foi uma grande vitória. Estou aprendendo desde a campanha e hoje estou muito mais preparado para uma disputa eleitoral”, afirmou Tuta.
Atualmente, Tuta é o presidente do Diretório Municipal do PPS de Paulínia e afirma que o partido está bem estruturado, com lideranças políticas espalhadas em toda a cidade.

O sonho de ser prefeito
Mesmo sendo um empresário de sucesso, Tuta afirma que tem uma missão na política, que é administrar a cidade e com isso poder melhorar a qualidade de vida do povo paulinense.
“Na política, meu único objetivo é ser prefeito de Paulínia. Desde criança tenho a vontade de ajudar as pessoas que mais precisam, proporcionar oportunidades para que todos tenham a mesma chance que eu tive de trabalhar e melhorar de vida”, comentou.
O pré-candidato diz que sonha com uma cidade mais justa, fraterna e bem administrada. “Eu sei que isso é possível e quero realizar, se Deus me permitir e o nosso povo quiser”, completou.
Tuta disse ainda que estará sempre à disposição do seu partido e da cidade para essa missão. “Mas, obviamente, isso não depende somente da minha vontade, depende da vontade e do desejo do partido, das lideranças políticas, do eleitor e de Deus”, reiterou.

Cassação
Sobre a cassação de Dixon, Tuta postou nas redes sociais que a decisão da justiça “reafirma a mudança que nosso país está passando e que não há mais espaço para ilícitos nas eleições”.
O pré-candidato destacou ainda que suas contas da campanha em 2016 foram aprovadas pela Justiça Eleitoral.

“Tenho uma missão na política, que é administrar a cidade e com isso poder melhorar a qualidade de vida do povo paulinense”, Tuta Bosco

“ A decisão do TSE reafirma a mudança que nosso país está passando e que não há mais espaço para ilícitos nas eleições”, Tuta Bosco, sobre a cassação de Dixon

Du Cazellato
Du Cazellato é empresário, foi eleito duas vezes vereador, estava na presidência na Câmara até o dia 8 de novembro e atualmente é o prefeito interino de Paulínia. Cazellato já confirmou que concorrerá às próximas eleições.

Marquinho Fiorella
Marquinho Fiorella é empresário e está em sua quarta gestão como vereador, tendo assumido a presidência da Câmara por dois mandatos.

Edna Pereira
Edna Pereira é esposa do ex-vereador Jaiminho. Servidora pública de Paulínia, Edna está se aposentando e, por isso, decidiu colocar seu nome à disposição da população. Em sua carreira, Edna acumulou profundo conhecimento das necessidades da população paulinense, em todas as classes sociais, e também dos direitos dos colegas servidores públicos. Seu partido é o PSC, que caminha junto com o PSL, partido do presidente eleito, Jair Bolsonaro.

Valmir Brustolim
Valmir Brustolim é empresário bastante conhecido na cidade, atualmente é presidente do Rotary Club de Paulínia, também já esteve à frente da Apae e foi o fundador do Paulínia Racing Bicicross.

Bonavita
Apesar de sua candidatura ser uma incógnita por questões jurídicas, Bonavita também é cogitado para concorrer às próximas eleições. Ex-vereador, atuou na Câmara durante cinco mandatos e também foi vice de Edson Moura Júnior.

Lucila Pavan
Lucila Pavan é esposa do ex-prefeito José Pavan Junior e já concorreu ao cargo de vereadora de Paulínia.

Juliano Merkes
Juliano Merkes é funcionário público de Paulínia e já atuou no cargo de Diretor do Pauliprev. Nunca concorreu a cargo político.

Palito
Adilson Palito é empresário, ex-vereador de Paulínia e disputou a eleição de 2016 como vice na chapa de Tuta Bosco.

Sanzio
Sanzio Rodrigues é empresário, já foi Secretário de Fiscalização de Paulínia e concorreu este ano a deputado estadual.

Nani Camargo
Nani Camargo é atual esposa do ex-prefeito Edson Moura. Nunca concorreu a cargo político.

Robert Paiva
Robert Paiva concorreu às eleições de 2016 e é vereador suplente

Kielson
Kielson Prado concorreu a prefeito nas eleições de 2016

Lúcia Abadia
Empresária, com influência no meio político de Brasília.

 

FONTE: JORNAL TRIBUNA – http://tribunapaulinia.com.br/?p=20197

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Fale aqui
1
Olá, tudo bem !
No que posso te ajudar ?
Powered by