Aumenta a procura por previdência privada

Aumenta a procura por previdência privada

Com as novas regras da aposentadoria anunciadas pelo Governo Michel Temer, a tendência é de que os brasileiros precisem trabalhar mais e contribuir por mais tempo para ter direito a aposentadoria. Diante dessas condições, a procura por planos de previdência privada tem aumentado significativamente.

Desde quando as discussões sobre a Reforma da Previdência se intensificaram, as pessoas passaram a se preocupar mais com seu futuro financeiro. A captação de recursos dos fundos de previdência aumentou 17,6%, com R$ 38 bilhões em depósitos até novembro, o que significa o segundo recorde consecutivo de crescimento desse tipo de investimento só este ano.

Porém, especialistas alertam que o ideal é que a previdência privada seja considerada como um complemento, e que todos continuem contribuindo com o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), pois só ele oferece o pagamento de benefícios como auxílio-doença para seus contribuintes, mesmo antes da aposentadoria.

Em um plano privado, o beneficiário faz aportes mensais e passa a receber de volta o que guardou a partir de uma determinada data, estipulada na contratação do plano, mas não tem cobertura para eventuais imprevistos, como uma doença. Em contrapartida, é possível que o pagamento do benefício da previdência privada comece a vigorar antes mesmo da aposentadoria pelo INSS.

Mas diante do novo cenário da previdência no Brasil, a tendência é de que novos produtos de planos privados sejam oferecidos no mercado. Alguns fundos oferecem a opção de pagamento do benefício para dependentes em caso de morte, mas isso é cobrado do titular do plano na contratação. A expectativa é de que os planos de previdência privada passem a oferecer mais recursos para quem os contratar.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Fale aqui
1
Olá, tudo bem !
No que posso te ajudar ?
Powered by