Governo prevê déficit de R$ 419 bi nas contas públicas em 2020, maior valor da série histórica
Foto: ANESP

Governo prevê déficit de R$ 419 bi nas contas públicas em 2020, maior valor da série histórica

Segundo secretário de Fazenda, revisão foi motivada por medidas econômicas adotadas para enfrentamento da crise do coronavírus. Déficit previsto no Orçamento era de R$ 124 bi.

O secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, informou nesta quinta-feira (2) que o governo federal aumentou a previsão de déficit nas contas públicas para R$ 419,2 bilhões em 2020.

Waldery deu a informação em uma entrevista coletiva no Palácio do Planalto ao lado de outros integrantes da equipe econômica. O orçamento de 2020, sancionado em janeiro pelo presidente Jair Bolsonaro, previa déficit de R$ 124 bilhões.

Conforme Waldery Rodrigues, o aumento na previsão do déficit foi motivado pelo aumento de gastos relacionado a medidas de combate ao avanço da crise do coronavírus. Segundo o secretário, essas medidas somam R$ 224,6 bilhões.

Ainda segundo Waldery, se confirmado o déficit de R$ 419,2 bilhões, o valor será o maior da série histórica. Ele afirmou também que o valor é uma estimativa e pode ser revisada mais adiante.

Medidas econômicas

Segundo o secretário, entre as medidas adotadas pelo governo, a que causará maior impacto fiscal será o auxílio de R$ 600 para trabalhadores informais. A medida tem impacto estimado de R$ 98,2 bilhões.

O texto foi aprovado pelo Congresso Nacional, e o presidente Jair Bolsonaro já informou ter assinado o texto. Mas a sanção ainda não foi publicada no “Diário Oficial da União”.

A segunda medida com maior impacto financeiro, segundo o governo, será o programa de manutenção de empregos que prevê a redução de salário e jornada de trabalho. A medida tem um impacto estimado de R$ 51,2 bilhões.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Fale aqui
1
Olá, tudo bem !
No que posso te ajudar ?
Powered by