Onde não investir no mercado imobiliário?

Onde não investir no mercado imobiliário?

Mesmo com a crise causada pela pandemia do coronavírus, o setor imobiliário abriga uma série de oportunidades para quem quer multiplicar o seu capital investindo neste mercado, que reúne cerca de 56% da riqueza global investida no setor.

Opções de investimento é o que não faltam. O segmento é muito diversificado. É possível apostar em imóveis comerciais, residenciais, hotéis, shoppings e uma série de outras categorias.

Se você está pensando em ir atrás de posições no setor, seja comprando imóveis ou investindo em fundos imobiliários, a crise causada pelo coronavírus pode te apresentar um momento favorável de compra, já que muitos desses ativos estão sendo vendidos sem que os preços sejam levados em conta.

Nem sempre é fácil escolher o melhor dentre tantas opções de investimento, já que nem todos os nichos vivem o seu melhor momento ou possuem potencial para trazer o retorno esperado.

Com o mercado em eterna evolução, o que já foi tendência pode ter ficado para trás. Confira abaixo algumas duas ‘furadas’ que você deve evitar para se dar bem.

1) Apartamentos de luxo

Após um excesso de oferta de apartamentos luxuosos, o nicho está perdendo atratividade, principalmente nas grandes capitais, já que é possível encontrar a mesma qualidade de vida vendida por estes projetos pagando milhões a menos.

2) Hotéis

Antes mesmo da sacudida no setor, reflexo da crise do coronavírus, o segmento de hotéis já não vivia os seus melhores dias. Além da oferta em excesso, a ascensão de aplicativos como o AirBnB, serviço online que facilitou a oferta de casas e apartamentos para hospedagens que antes eram destinadas aos hotéis.

Para o Rodolfo, o nicho não é recomendado nem mesmo para aqueles que procuram investimentos de longo prazo.

Fonte: Seu Dinheiro

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Fale aqui
1
Olá, tudo bem !
No que posso te ajudar ?
Powered by