As dicas do estrategista que ganhou 22% com carteira de ações no mês

As dicas do estrategista que ganhou 22% com carteira de ações no mês

Renato Mimica, diretor da EXAME Research, explica como investir na bolsa de valores e ganhar do Ibovespa em meio à crise

 

 

O desempenho da carteira recomendada de ações da EXAME Research mostra que o trabalho minucioso de análise das companhias que têm potencial de resistir melhor à tempestade dá resultado. Entre 6 de abril e 8 de maio, a carteira apresenta retorno de 22%, ante 8% do Ibovespa nesse período.

A estratégia de escolha das ações da carteira aproveita os fatores que têm animado os investidores locais e internacionais a voltar a comprar ativos de maior risco nas últimas semanas, fazendo as bolsas em todo o mundo se recuperar um pouco do tombo do início do ano.

Para ganhar com as perspectivas de melhora da crise em outros países, a carteira recomendada da EXAME Research aposta em ações de empresas brasileiras que são exportadoras ou obtêm parte importante da receita do mercado externo. Essas companhias se beneficiam ainda da desvalorização do real — a moeda brasileira recuou 44,5% em relação ao dólar em 2020. “A queda da moeda parece uma tendência, sustentada também pela redução dos juros. Na semana passada, o Banco Central brasileiro cortou a taxa Selic mais do que o esperado, fazendo os estrangeiros tirar o capital investido em renda fixa no país”, afirma Mimica.

Obedecendo a essa tática, a ação que tem o maior peso na carteira EXAME Research, de 15%, é da processadora de alimentos Minerva. Maior exportadora de carne bovina da América do Sul, com 20% de participação de mercado, a companhia teve 66% das receitas do primeiro trimestre vindos de fora, o equivalente a 2,92 bilhões de reais, um aumento de 21% ante o mesmo período de 2019. Entre 6 de abril e 8 de maio, a ação ganhou 55,5%, e agora é negociada a 13,88 reais.

As empresas que dependem mais do mercado doméstico vão continuar sofrendo, porque o governo brasileiro não tem recursos da mesma monta dos outros países para estimular a economia e a pandemia do novo coronavírus continua se acelerando no país. Por isso, a melhor escolha na bolsa neste momento são as empresas que podem se beneficiar mais no curto prazo das turbulências, como as do setor de alimentos, com destaque para os supermercados. Os varejistas preferidos da EXAME Research são os que têm forte presença online, para atender à necessidade do cliente, agora, de fazer suas compras sem sair de casa. Esse segmento é o mais importante da carteira da casa de análise. “Os sites de comércio eletrônicos mais bem estabelecidos vão sair da crise na frente, porque está havendo uma mudança de hábito do consumidor que deve se manter. O cliente percebeu que é fácil comprar pela internet”, diz Mimica.

 

Fonte: Exame

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Fale aqui
1
Olá, tudo bem !
No que posso te ajudar ?
Powered by